PM detém pichadora que pichou comércio na manifestação ao Dia Internacional da Mulher
15/03/2019 Foz do Iguaçu

Na noite de ontem, quinta-feira 14 de março de 2019, por volta das 20h:00, policiais militares do 14º BPM de Foz do Iguaçu, equipe em serviço escalado para acompanhar a passeata e manifestação a pé em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, com inicio no Bosque Guarani, onde seguiu pela Avenida República Argentina, seguindo pela Avenida Brasil, passando pela Travessa Oscar Muxfeldt, encerrando na Praça da Paz na 3ª Pista da Avenida Juscelino Kubitschek.

Durante a manifestação, os militares em serviço foram informados pelos servidores municipais da Guarda Municipal que realizavam patrulhamento presencial que uma mulher que estava na manifestação havia realizado pichações pela Avenida Brasil nas proximidades do cruzamento coma Rua Jorge Sanwais, durante a manifestação.

Devido ao grande número de pessoas, a pichadora foi identificada, onde seria aguardado a dissipação da manifestação por questões de segurança a fim que fosse realizado o encaminhamento pela Guarda Municipal.

Já no final da manifestação, um veículo Honda / HR-V, de cor branca, de placas BAC-1362 de Foz do Iguaçu, parou na Praça da Paz, para que a pichadora entrasse no veículo, momento este que a equipe policial realizou a abordagem juntamente com a equipe da Guarda Municipal.

Na abordagem policial, a pichadora foi identificada como sendo Sara Gabriela Pacheco Beltran, de 20 anos de idade, de nacionalidade Colombiana, cursando o nível superior na UNILA, sendo apreendido uma lata de spray de tinta.

Durante a abordagem, vários manifestantes tentaram impedir a ação policial, sendo contornado a situação, sendo que uma das pessoas que tentava impedir a condução da infratora, este identificado como sendo Pablo Braga Machado, de 34 anos de idade, acabou detido pela Guarda Municipal por ameaça, perturbação do trabalho e desobediência ao impedir a detenção da colombiana Sara Gabriela Pacheco Beltran, de 20 anos de idade.

Diante dos fatos, Sara Gabriela Pacheco Beltran foi encaminhada juntamente com Pablo Braga Machado, para a Delegacia da Policia Civil, onde foi realizado o Termo Circunstanciado pela Guarda Municipal.

Fonte: Tribuna Popular

 
MAIS NOTÍCIAS
APOIO