Após fratura, quase dois meses depois ala do Aymoré volta a jogar e pode se apresentar normalmente dia 15
06/02/2019 Região Oeste

Depois de 57 dias o ala Sidney voltou a jogar. O atleta que renovou com o Aymoré retornou as quadras no dia 10 de janeiro em torneio de inicio de temporada no Nordeste, 50 dias após ter feito uma cirurgia. O jogador se apresenta normalmente no próximo dia 15 em Matelândia para o iniciou oficial da pré-temporada. Ouça a baixo a entrevista.

Ele sofreu uma séria lesão na partida de volta das quartas de final do Campeonato Paranaense de Futsal Série Ouro, contra o Marechal, no Ginásio Ney Braga, dia 14 de novembro.  Na ocasião, Sidney quebrou o braço após uma disputa de bola no final da primeira etapa, quando o time da casa vencia os matelandienses pelo placar de 1 a 0. Do hospital o jogador viu pela internet a vitória surpreendente do ‘Índio do Oeste’, no tempo normal por 3 a 2 e nos pênaltis por 4 a 3, garantindo vaga para semifinal da competição. Confira no vídeo abaixo.

Desde então o ala ficou de molho e viu o Aymoré ser eliminado nos pênaltis pelo Foz Cataratas. No jogo de ida em Matelândia, o ‘Índio’ venceu por 4 a 3 com um homem a menos, sendo o gol da vitória marcado por Augusto, a três segundos do fim. Confira no vídeo abaixo. 

Neste período pós-estadual, Sidney acompanhou a saída de Gueu, Augusto, Tarcísio, Jaison e Nico, desmanchando uma base de três anos, responsável por acesso para Série Prata sendo vice da Série Bronze em 2016, título da Série Prata em 2017 e encerrando com um 4º lugar na Série Ouro em 2018.

 Com a chegada de Papão, Edu, Caio Ruiz e Kaká, por exemplo, o time precisará buscar o mais rápido possível o entrosamento e entender a proposta de jogo do técnico Cristiano Cidrão de Oliveira. Só com muito trabalho e repetição será possível alcançar esse objetivo, afirmou Sidney.Ouça abaixo a entrevista. 

Com seis times na Série Ouro de 2019, Marechal, Cascavel, Foz Cataratas, Marreco, Pato Branco e Campo Morão, a competição deve ser uma das mais difíceis dos últimos anos. O atleta projetou os desafios do ‘Índio do Oeste’ e comemorou o fato de voltar a jogar em Matelândia, depois de atuar quase  todo 2018 em Medianeira. Ouça baixo a entrevista.

Fonte: Costa Oeste News

Depois de 57 dias o ala Sidney voltou a jogar.
Só com muito trabalho e repetição será possível alcançar esse objetivo, afirmou Sidney.
O atleta projetou os desafios do ‘Índio do Oeste’ e comemorou o fato de voltar a jogar em Matelândia.
 
MAIS NOTÍCIAS
PARCEIROS